6 dicas para aumentar as vendas nas lojas de Cosméticos e Perfumes

Neste texto escrevo seis dicas para loja de perfumes e cosméticos aumentarem seu lucro. Organização, boa escolha de produtos e atendimento personalizado podem atrair ainda mais clientes.

Hoje a conversa é sobre lojas de cosméticos, perfumarias e higiene pessoal. Sabia que uma pesquisa apontou que 61% dos brasileiros consideram a aparência física como fator mais importante para o sucesso? E que somos o país que apresenta o maior crescimento de vendas? Além disso, somos o primeiro em mercado de desodorantes e o segundo em produtos infantis, masculinos, higiene oral, proteção solar, perfumaria e banho. Ah! E o terceiro em produtos para cabelos e cosméticos.

Se fosse uma olimpíada, estaríamos em todas as posições do pódio: ouro, prata e bronze. E como atletas olímpicos nunca param de treinar procurando seu máximo desempenho, vamos continuar nessa vibração e ver como sua loja de cosméticos, perfumaria e todos os produtos listados acima pode melhorar ainda mais as vendas.

Defina quem é seu público alvo

Ele, sempre ele, o “público alvo”. É conhecendo seu cliente que você vai definir que produto comprar, como divulgar e como atender de forma satisfatória.

Você vende mais para homens do que mulheres? Qual a faixa etária que mais compra em sua loja? Qual a renda da região onde sua loja está?

Todas essas respostas vão definir o quê comprar e como divulgar seu negócio.

Trabalhando com perfumes

Há uma variedade de opções quando se trabalha com venda de perfumes. Dependendo do seu público, defina onde vai investir: marcas nacionais, internacionais ou até marcas que imitam fragrâncias famosas. Nesse caso, deixei claro ao seu cliente que aquele aroma foi produzido com base em uma fragrância original, porém é uma marca “genérica”. E não se esqueça das colônias.

Não se esqueça dos perfumes masculinos e infantis. Eles estão em segundo lugar em número de vendas no Brasil. E ofereça desodorantes, claro. Afinal, eles são os mais vendidos. E de novo, você compra conforme seu público alvo. Existem opções mais populares e que se encontram em supermercados e farmácias, e há desodorantes de marca também. Analise o que é melhor oferecer. Se for o caso, ofereça as duas opções.

Cosméticos, produtos para cabelo e higiene pessoal

Procure oferecer cosméticos para todos os públicos: feminino, infantil e masculino. E ofereça opções de produtos para cabelo e barba.

E não se esqueça dos esmaltes. Eles também são campeões de venda. Escolha marcas variadas e ofereça algo além do que é encontrado com facilidade em farmácias e supermercados, por exemplo.

Produtos orgânicos e antialérgicos

Muitas pessoas têm alergia ou sensibilidade à cosméticos e alguns produtos de cuidado pessoal. Esse é um segmento que cresce a cada dia: cosméticos orgânicos. Além de não causarem alergia, esses produtos são produzidos com óleos essenciais naturais e ervas aromáticas. Não utilizam animais nos testes de produção, nem mesmo nos componentes.

Esse é um nicho bem interessante porque há poucas empresas que produzem e menos ainda que vendem esses produtos. É interessante manter uma seção orgânica, porém cuide bem da divulgação. Deixe claro que sua loja vende produtos de qualidade e procedência garantida.

Como organizar a exposição dos produtos

Separe os produtos por gênero: feminino, masculino e infantil. E dentro dessa separação, separe por tipos, claro. Maquiagem, perfumes e colônias, produtos para cabelo, para pele e higiene pessoal. Uma opção bacana é marcar cada área com uma cor, para isso pinte as prateleiras cada uma com a cor correspondente ao gênero. Abaixo, coloquei um exemplo para ilustrar essa ideia, porém as prateleiras podem ser embutidas, de madeira ou outro material.

E não se esqueça de caprichar na vitrine. Se a loja tem espaço interno que permite uma organização bem fluída e atrativa, é bacana deixar a vitrine mais livre. Procure investir em adesivos com frases bacanas, divulgação de promoções ou desenhos vazados, somente com contorno não atrapalhando a visibilidade.

Um bom exemplo de vitrine para exemplificar o que falei é fachada de uma famosa marca de cosméticos:

É claro que conheço a realidade do pequeno comerciante e que a maioria das lojas de cosméticos são bem menores. Mas é com a grandes marcas que aprendemos. Observe e adapte ao tamanho de sua loja. O importante é manter o conceito, a ideia.

Treine sua equipe e ofereça atendimento personalizado

Ter um loja com um vendedor que entende de estética ou maquiagem, por exemplo, é um grande diferencial. Dessa forma, o cliente sabe que comprando em sua loja leva não só o produto, mas uma consultoria mostrando quais os cosméticos são apropriados para cada tipo de pele, por exemplo. Ofereça também dicas de maquiagem.

Como fazer isso? Estudando! Eu separei links de cursos à distância na área de estética. Os custos são muito baixos, a duração é curta e o resultado é ótimo!

Dá uma olhada nesses links:

http://www.portaleducacao.com.br/estetica#!1

http://www.ead.senac.br/cursos-por-area/beleza/

https://www.primecursos.com.br/estetica-corporal-basico/

Pronto, com uma loja bem organizada, produtos diversificados, porém direcionados e ainda com atendimento personalizado vai ficar difícil de seu cliente resistir!

Espero que essas dicas ajudem seu negócio a ficar ainda melhor. Boas vendas!